PUBLICIDADE

PUBLICIDADE
06/07/2017 16h24 - Atualizado em 06/07/2017 17h26

Wagner quer área de espera para motos, em semáforos, no Estado

Fernando Leal


A Assembleia Legislativa deu os primeiros passos para oficializar, em todos os municípios de Mato Grosso, a criação de áreas de espera exclusiva para motocicletas – nos semáforos – em espaços específicos à frente dos veículos de maior porte. De acordo com o texto do Projeto de Lei nº 274/2017, do deputado Wagner Ramos (PSD), as áreas serão obrigatórias em vias com mais de duas faixas “no mesmo sentido de direção”.


A experiência inicial aconteceu na Espanha, em 2008, nas cidades de Madri e Barcelona, conseguindo aprovação quase consensual entre motociclistas e motoristas locais. No Brasil, de acordo com registros, a iniciativa foi da cidade paulista de São Vicente, depois a capital São Paulo. Em seguida, Minas Gerais e Rio de Janeiro.


“Nosso objetivo é proporcionar maior segurança para motociclistas, diminuindo o conflito com os outros veículos no momento em que o semáforo muda para o sinal verde. Além disso, é importante que as motos respeitem a faixa de pedestres e tenham maior visibilidade, reduzindo o número de acidentes”, explicou Wagner.


Um dos detalhes que chamou a atenção do parlamentar foi a confirmação – pelo Detran de Mato Grosso – que até o último dia 11 de maio tinham sido registradas mais de 586 mil motocicletas e 205 mil motonetas. Ele observou que o espaço funcionará como um “bolsão” entre a faixa de pedestres e os veículos parados na área de retenção, onde aguardam diante do sinal vermelho. Todos esses detalhes serão identificados por uma sinalização horizontal no asfalto.