PUBLICIDADE

PUBLICIDADE
17/08/2017 16h17 - Atualizado em 18/08/2017 17h59

Dicas de Saúde: 7 sintomas que você experimenta quando seus rins começam a falhar

Melhor com saúde


Não é um segredo para ninguém que um bom funcionamento renal nos permite gozar de uma qualidade de vida alta, quando se refere à saúde.

 

Ainda que costumemos ignorar a importância destes órgãos, seu trabalho nos ajuda a remover de forma constante os líquidos e toxinas que podem adoecer o organismo.

 

De fato, durante o dia podem processar até 190 litros de sangue que, depois de um processo de filtragem, permite expulsar ao redor de 2 litros de água e resíduos.

 

Além disso, visto que participam no controle da pressão arterial e da segregação de alguns hormônios, não fica dúvida de que são determinantes para o nosso bem estar.

 

Devido a isso, é primordial atender de forma oportuna qualquer sinal de anomalias ou doenças, já que alguma falha pode conduzir ao desenvolvimento de problemas crônicos.

 

Nesta oportunidade recompilamos 7 sintomas que podem se manifestar quando algo não está totalmente bem no sistema.

 

Não deixe passar por alto!

 

1. Retenção de líquidos e inflamação

Um dos sinais iniciais das falhas renais são os descontroles nos processos inflamatórios do corpo que, em geral, são acompanhados por retenção de líquidos.

Estes sintomas são o resultado das dificuldades que os rins têm para filtrar os rejeitos e produzir urina, o que faz com que fiquem nos tecidos.

Consulte o médico se notar uma inflamação inusual em:

Pés e tornozelos.
Mãos.
Pernas.
Rosto.
Abdômen.

 

2. Descontrole nos hábitos de urina
Os descontroles nos hábitos de urina são sinais que devem ser levados em conta como possível falha do sistema renal.

Aumentar o número de vezes de ir ao banheiro ou bem, reduzi-las sem razão aparente, indica que pode ter alguma anomalia na função dos rins.

 

3. Mudanças notórias na urina

A textura, a cor e o odor da urina são características que permitem detectar se os rins estão tendo dificuldades para desempenhar suas tarefas.

Perceber mudanças notórias, como uma cor mais amarelada do que o normal, deve ser um sinal de alerta de infecções ou problemas crônicos.

Também é necessário consultar se:

A urina é espumosa.
O odor é muito forte ou desagradável.
Arde ao urinar
Há manchas de sangue na urina.

 

4. Erupções cutâneas
Apesar das erupções cutâneas poderem aparecer por múltiplos fatores, um mau funcionamento dos rins poderia explicar sua presença.

As toxinas que não são filtradas por estes órgãos ficam na corrente sanguínea e, depois de serem transportadas, alteram a produção normal de óleos da pele.

Como consequência aparecem antiestéticos grãos de acne, quase sempre acompanhados de uma incômoda sensação de irritação e coceira.

 

5. Dor na região lombar

Uma dor recorrente na região lombar ou um dos lados do corpo pode ser sinal de dificuldades no sistema renal.

Os pacientes com este tipo de doenças, principalmente os adultos mais velhos, manifestam sentir esse tipo de dor devido à inflamação que geram.

Apesar de poder se tratar de um enfraquecimento dos músculos, não se deve descartar a possibilidade de que se deva a um problema nestes órgãos.

 

6. Pressão arterial alta
Os pacientes diagnosticados com insuficiência renal ou patologias dos rins devem fazer check up constante da sua pressão arterial, já que ela pode sofrer graves alterações.

As funções que estes órgãos desempenham ajudam a manter os níveis de potássio e de sódio em equilíbrio, dois minerais chave para manter a pressão estável.

Estes também mantêm os fluidos do organismo sob controle, ao mesmo tempo em que evitam a inflamação dos tecidos e das artérias.

Por outro lado, é preciso ter em conta que a hipertensão pode ter sua origem em um problema conhecido como estenose da artéria renal, o que gera uma obstrução parcial da artéria que transporta o sangue para os rins.

 

7. Sensação de fatiga

Quando os rins têm alguma falha em suas funções é comum que os pacientes apresentem sensação de fatia e decaimento.

Isso se deve à diminuição da produção de um hormônio conhecido como eritropoetina. Esta é a responsável por intervir na criação de glóbulos vermelhos no sangue para conseguir um adequado transporte do oxigênio e nutrientes.

Seu descontrole pode conduzir a quadros de anemia crônica, além de enjoos e problemas de concentração.

 

Você identificou estes sintomas? Considere que muitos dos problemas renais podem ser corrigidos se detectados em fases iniciais.

Atenda de imediato qualquer sinal de alerta e procure adotar hábitos saudáveis.