PUBLICIDADE

PUBLICIDADE
30/09/2017 21h11 - Atualizado em 30/09/2017 22h13

Tenista de Campo Verde conquista Sul-Americano de tênis

Junior Martins


Bryan Kuntz vence André Souza por dois sets a zero e parciais de 6/3 e 6/3 na final da 33ª edição do Bahia Juniors Cup, na categoria infanto-juvenil de 16 anos, um torneio internacional realizado pela Confederação Sul-Americana de Tênis (Cosat), de 23 a 30 de setembro, no Clube Bahiano de Tênis, em Salvador (BA). Uma competição que contou com 220 atletas no total de todas as categorias, vindos de 22 países e pontuação grau 3 para o ranking mundial júnior.

 

 

O adolescente de Campo Verde, Bryan Kuntz, de 15 anos e 1.80m de altura, começou como cabeça de chave na 1ª rodada, depois ganhou de Matheus Mascarenhas por parciais de 6/3 e 6/4 na 2ª rodada, avançou para as quartas de final e superou Gustavo Schwebel por 6/1 e 6/3, chegou nas semifinais e venceu João Duleba por 6/2, 4/6 e 6/2 e, na final, arrematou o título Sul-Americano com uma vitória sobre André Souza por duplo 6/3.

 

 

De acordo com o presidente da Federação Mato-grossense de Tênis (FMTT), Rivaldo Barbosa, todos os tenistas mato-grossenses se sentem vitoriosos com a conquista desse torneio por um tenista do estado. E, segundo Barbosa, Bryan Kuntz é um dos vários talentos que participam ou participaram do Circuito Estadual de Tênis de Mato Grosso. Como, por exemplo, Richard Gama e os irmãos Mathaus Fellipe Spiering e Márvin Bernardo Spiering.

 

 

“Nosso estado possui muitos tenistas talentosos. E acreditamos que teremos cada vez mais e mais atletas em evidência. Por causa do desenvolvimento de nossa modalidade esportiva dentro de Mato Grosso. Nós crescemos em 122% na quantidade de inscrições nos torneios do Circuito Estadual de Tênis, na comparação do 1º semestre de 2017 com o 1º semestre de 2015. Temos crescido anualmente e nos fortalecido cada vez mais”, comenta o presidente, Rivaldo Barbosa.

 

 

A 33ª edição do Bahia Juniors Cup contou com a participação de atletas do Brasil, Argentina, Estados Unidos da América, Suíça, Dinamarca, Colômbia, Chile, Venezuela, Irlanda, Peru, Japão, Eslováquia, Espanha, Equador, Grã-Bretanha, México, Rússia, Portugal, Canadá, Bolívia, Costa Rica e Índia. Contando com tenistas da chave principal até o qualificatório.