PUBLICIDADE

PUBLICIDADE
03/10/2017 17h02 - Atualizado em 03/10/2017 18h03

Curso gratuito de corte e costura gera nova expectativa a mulheres de São Pedro da Cipa



Roseli Francisca Nunes tem 41 anos e atualmente é funcionária de uma
fazenda da região. Ela é uma das 60 alunas do curso gratuito de corte e
costura, que terá início na próxima quarta-feira (04.10) em São Pedro da
Cipa. A qualificação está sendo oferecida pela prefeitura.

 

Francisca lembra que já participou de outros cursos ofertados pelo
município, como o de “Derivados do Leite”, aplicado no mês passado em
convênio com o Serviço Nacional de Aprendizagem Rural de Mato Grosso
(Senar-MT).

 

“Estou muito otimista e a cada dia mais apta a abrir o meu próprio
negócio. Com toda essa atenção, que estou tendo, vou ganhando mais
confiança”, comemorou.

 

Conforme a coordenadora do Centro de Referência de Assistência Social
(Cras), Maria Cregenilde, serão dois meses de duração, com aulas
ministradas na sede do Centro do Idoso.

 

“Elas terão todo o suporte necessário, em um espaço amplo para as aulas
práticas, debates de troca de experiências”, garantiu.

 

De acordo com a primeira dama e secretária de Gestão Social, Rafaele de
Oliveira Russi, a procura tem sido grande e por isso uma triagem teve de
ser feita.

 

“Ainda temos algumas pessoas na fila de espera e estamos trabalhando
políticas públicas, para que mais qualificações sejam oferecidas no
decorrer do ano”, informou.

 

O prefeito Alexandre Russi reforçou que essa tem sido uma das várias
formas de fomentar o empreendedorismo, com base no aprendizado e
planejamento.

 

“Esse é um ponto positivo para essas pessoas, que buscam novos caminhos,
através dessas qualificações. Ao produzir um produto de qualidade, por
exemplo, cada um pode aumentar a sua renda e isso vai fomentando muita
coisa, principalmente a economia local. Todos ganham”, analisou.