PUBLICIDADE

PUBLICIDADE
11/10/2017 17h20 - Atualizado em 11/10/2017 18h24

São Pedro da Cipa firma ascenção de cenário econômico na geração de empregos e capacitação empresarial

assessoria de imprensa


São Pedro da Cipa está se firmando no desenvolvimento de seu polo
empresarial e isso tem rendido ao município um aumento significativo de
sua força econômica. Com o incentivo da atual administração em cursos de
qualificação e formação dos pequenos empresários, grandes empresas
passaram se interessar em investir na cidade, pautadas nos fatores de
crescimento.


A secretária de Desenvolvimento Econômico, Indústria e Comércio do
município, Tânia Soares dos Santos (foto), explica que desde o lançamento da
Sala do Empreendedor, inaugurada em abril desse ano, essa concretização
tem tomado forma a cada dia.


“Já realizamos vários cursos e capacitações principalmente voltados aos
pequenos empresários, onde muitas coisas podem ser esclarecidas e os
comerciantes tem ganhado muito em conhecimento, podendo assim aplica-los
no dia a dia de suas empresas, melhorando assim seus rendimentos”,
explicou.


Essa visão reformulada na administração das finanças, alcançada por meio
dessas formações em parceria com a prefeitura, trouxe novos rumos para
Vera Simodelsqui (52). Ela é microempresária, proprietária de uma
pequena madeireira e comemora os bons resultados.


“Estou colocando em prática tudo que eu aprendi. Eu não fazia controle
de gastos e hoje em dia eu faço. Eu estou sabendo até quando é o meu
salário e agora eu passei a economizar”, ressaltou.


Atrelada a essas ações está a atuação do Balcão de Empregos, que também
teve os trabalhos iniciados nos primeiros meses de 2017. Conforme a
técnica administrativa Cristiana Maria Leite, foram realizados mais de
800 atendimentos, resultando em 400 encaminhamentos e 200 contratações.
“Criamos esse balcão de empregos em abril e estamos firmes na meta de
diminuição do índice de desemprego no município. Buscamos a empresas
locais, onde nos são enviadas as vagas e posteriormente realizada a
triagem para a contratação”, esclareceu.


O guarda noturno Damião Pedro da Silva (56) é morador de São Pedro Cipa
há muitos anos. Ele passou mais de seis meses desempregado e hoje é um
dos beneficiados pelo sistema empregatício.


“Trouxe meu currículo aqui, eles fizeram o encaminhamento com a empresa
e hoje eu estou empregado a quatro meses. Eu vou te falar uma coisa,
melhor de que isso eu não acho”, comemorou.

 

Grande porte

Com todo esse crescimento em mão de obra qualificada, obras sendo
realizadas como: asfalto, drenagem, água encanada, habitação e posto de
saúde, a Vila Érica e bairros adjacentes tem sido referencias das ações
da atual gestão. Esse desenvolvimento foi um dos fatores determinantes
na implantação da unidade de uma rede de supermercados do Vale do São
Lourenço, que atua na região há 37 anos.


De acordo com o empresário Dilmar Stroher, foram gerados 19 postos de
trabalho como todas as vagas, como exceção da gerencia, preenchidas com
mão de obra local. “A gente vem observado que o município de São Pedro
vem crescendo. Uma administração que aumentou a nossa expectativa”,
avaliou.


Eloisa Fernanda (35) antes tinha que se deslocar para trabalhar em
Jaciara. Sendo uma das alunas dos cursos de qualificação, oferecidos
pela prefeitura, foi uma das contratadas.


“Trabalhar aqui está sendo uma oportunidade única. Eu fiz um curso muito
bom e estou colocando em prática tudo que aprendi”, assegurou.
Para o prefeito Alexandre Russi o objetivo é suprir a carência de
serviços na região, através da oportunidade ao cidadão e ao
empresariado, que está em busca de crescimento. “Temos que dar acesso a
uma vida digna ao cidadão e estamos buscando cumprir essa, que é nossa
obrigação. Em consonância, queremos fortalecer ainda mais o nosso
comércio e capacitá-los como as novas tendências, dentro de todo esse
contexto de crescimento”, afirmou.